Red Bull Air Race tem corrida decidida por apenas 0s003 em Abu Dhabi

Os fãs do Mundial de Corrida Aérea não poderiam ter uma surpresa mais agradável na prova de abertura do campeonato, disputada neste sábado (9), em Abu Dhabi. Sobrevoando as águas do Golfo Pérsico, tendo a riqueza arquitetônica da capital dos Emirados Árabes Unidos como cenário, os dois últimos campeões do Red Bull Air Race deram um verdadeiro espetáculo na disputa pela vitória. No final, vantagem de apenas 0s003 para Yoshihide Muroya, que venceu a corrida.

O adversário dele era o tcheco Martin Šonka, campeão de 2018, que foi o último a voar. Šonka tinha o desafio de superar a marca de 53s780 estabelecida pouco antes por Muroya – e começou inclusive muito bem, registrando parciais mais baixas. Só que no trecho final do traçado, ele perdeu tempo e cruzou o pórtico de chegada em 53s783.

Muroya não vencia uma prova do Red Bull Air Race desde que ganhou o campeonato em Indianápolis, em 2017. Foi um longo jejum, que terminou de forma fantástica neste sábado. “Tenho de dar todos os créditos para os meus engenheiros, porque tivemos muitas mudanças de vento aqui e eles sabiam de tudo com antecedência”, disse Muroya.

“Isso permitiu que eu me preparasse melhor para a final, sabendo o que ia encontrar. Meus voos foram muito consistentes em todas as fases e fico feliz de começar 2019 com o máximo de pontos, depois de uma temporada tão difícil no ano passado”. A próxima etapa do Red Bull Air Race será disputada no continente europeu, em local e data que ainda serão anunciados.

Fonte:  CANOA Comunicação